CONTATO




CONTATO DO BLOG


amantesdebigpaus@hotmail.com

SIGA-NOS POR EMAIL

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Pessoal, leiam com atenção, afinal a vida nao é só sexo....

  Campanha Nacional Contra o Câncer de Pênis.
 
 



Câncer do pênis pode ter um efeito devastador

Promovendo uma ampla ação de esclarecimento das doenças do homem e da importância de se visitar um urologista em todas as fases da vida - criança, adolescente, adulto e idoso, a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) dá inicio à sua segunda Campanha Nacional de Esclarecimento sobre o Câncer de Pênis.

A iniciativa ressalta a necessidade da boa higiene do órgão genital, como principal método preventivo.

Novamente, o ex-jogador de futebol Zico empresta seu prestígio à campanha.

No dia 20 de julho, houve uma distribuição de panfletos e divulgação de ações de combate ao câncer do pênis, em diversas capitais.

Outra ação da SBU está marcada para o dia 25 de julho, em que o patologista Antonio Cubillas - do Instituto de Patologia e Investigações de Assunção (Paraguai) um dos maiores estudiosos sobre o tema, comanda um mutirão de cirurgias de fimose nas capitais do Norte e Nordeste.

O material colhido nas intervenções cirúrgicas será analisado para verificar a existência de lesões pré-cancerosas. A expectativa dos médicos é a realização de 500 cirurgias no dia do mutirão.

Vai ser estudado, sob o ponto de vista histopatológico, o prepúcio desses pacientes para verificar a existência de alguma lesão cancerosa. "O resultado da pesquisa poderá nortear as ações governamentais para erradicação dessa doença que mutila e traz comprometimentos psicológicos aos portadores", avalia o coordenador de campanhas públicas da SBU, Aguinaldo Nardi.

Higiene íntima

O objetivo da pesquisa é traçar um perfil atualizado das causas da doença - por relação com HPV ou falta de higiene - e conhecer os tipos desse câncer. "Sabendo a origem fica mais fácil identificar o melhor tratamento para aquele tumor específico", diz o presidente da SBU, José Carlos de Almeida.

De acordo com o especialista, há ainda poucos estudos no mundo sobre o câncer de pênis, sobretudo porque os países que realizam o maior número de pesquisas têm raríssimos casos da doença.

De acordo com levantamento feito pela SBU em 2007, o câncer de pênis é uma patologia muito frequente no Brasil, acometendo preferencialmente pacientes de baixa renda que demoram a procurar assistência médica especializada ao notar feridas no pênis. O estudo mostrou ainda que 81,62% dos casos acometem homens acima de 46 anos.
O Norte e Nordeste juntos têm mais de 50% dos casos.

"Os homens devem ficar atentos a qualquer tipo de lesão no pênis, devem lavar o órgão genital diariamente e principalmente após relações sexuais, pois uma pequena ferida pode se tornar um tumor maligno que, sem cuidados, pode evoluir atacando os canais linfáticos o que pode ocasionar não só a amputação do órgão, como também dos membros inferiores", alerta Almeida.

De acordo com os médicos, são realizadas por ano cerca de mil amputações de pênis pelo SUS. A amputação é o tratamento mais adequado para casos avançados da doença.

O câncer de pênis é um tumor raro. No Brasil, representa 2% de todos os casos de câncer no homem, mas seu efeito pode ser devastador. Quando não reconhecido precocemente, como na maioria dos casos, certamente necessitará de uma amputação parcial ou total, com sérias consequências estéticas e funcionais.

Porém, se tratado cedo, o câncer de pênis não traz maiores problemas para a vida sexual normal. Sua maior incidência ocorre em indivíduos com mais de 50 anos, muito embora esses tumores malignos possam ser encontrados em homens jovens.

O Brasil está entre os campeões na incidência de câncer de pênis no mundo, sendo mais frequente nas regiões Norte e Nordeste. Nessas regiões, a neoplasia supera os casos de câncer de próstata e de bexiga.

De acordo com especialistas do Instituto Nacional do Câncer, está relacionada a má higiene íntima, às baixas condições socioeconômicas e de instrução, além de ser mais freqüente em indivíduos não circuncidados. Mesmo assim, muitos brasileiros desconhecem a sua existência.

 

Dicas de saúde para o homem

Prevenir é sempre melhor e algumas doenças que acometem os homens com mais de 40 anos podem ser facilmente detectadas com a realização dos exames periódicos abaixo:

" Testosterona, SHBG e Albumina (necessários para o cálculo da taxa de testosterona no sangue)
" Prolactina
" FSH e LH (relacionados à saúde dos testículos)
" PSA e toque retal (detecção de câncer de próstata)
" Hemograma
" Medição da pressão arterial
" Glicemia (diagnóstico do diabetes)
" Dosagem de colesterol e triglicerídeos (detecta dislipidemia)

Manter um estilo de vida saudável também colabora para melhorar a saúde e a qualidade de vida do homem, em todas as idades. Por isso, é importante:

" Manter uma alimentação balanceada e rica em alimentos fontes de fitoestrogênios (brócolis, espinafre, repolho, couve flor, feijão, soja e abóbora)
" Reduzir quantidade de gordura na dieta, principalmente gordura animal
" Manter o peso na medida certa
" Fazer pelo menos 30 minutos de atividade física diariamente
" Não fumar
" Consumir bebidas alcoólicas moderadamente

Zico: o padrinho

O jogador de futebol e hoje técnico do CSKA na Rússia foi escolhido para ser o padrinho da ação devido à sua consciência sobre a saúde do homem.

Desde cedo, Zico realiza exames periódicos para mapear sua saúde e nunca teve preconceito de ir a um urologista.

Irmão de cinco homens e pai de três, o craque sabe muito bem lidar com a saúde masculina.

"O que existe é desinformação. A gente sabe que há câncer de vários tipos e não do câncer de pênis. Muita gente se assustou quando fiz a campanha em 2007", diz o craque.

Ele lembra que acreditava que os amigos mais próximos iriam fazer brincadeiras por ele ter abraçado a causa, mas aconteceu o contrário, todos ficaram assustados com o assunto.

"A resposta da campanha foi muito boa e estamos aqui de novo para poder falar sobre isso e dar esse alerta", enalteceu. De acordo com o urologista José Carlos de Almeida, presidente da SBU, é preciso estimular os homens a cuidarem mais da saúde, incentivando-os ao hábito de visitar o médico desde a infância até a maturidade. "O homem brasileiro deve ter no médico seu aliado e precisa entender que a falta de cuidado com a saúde irá gerar prejuízos muito grandes para ele próprio e também para sua família", reconhece o especialista.

 

Detecção Precoce / Diagnóstico

Quando detectado inicialmente, o câncer de pênis possui tratamento e é facilmente curado. É importante, ao fazer a higiene íntima, realizar o auto-exame do pênis.
Ao realizar o auto-exame, os homens devem estar atentos à:• perda de pigmentação ou manchas esbranquiçadas;• feridas e caroços no pênis que não desapareceram após tratamento médico, e que apresentem secreções e mau cheiro;• tumoração no pênis e/ou na virilha (íngua);• inflamações de longo período com vermelhidão e coceira, principalmente nos portadores de fimose. Ao observar qualquer um destes sinais, é necessário procurar um médico imediatamente. (
Foto de penis com câncer)

Cerca de mais da metade dos pacientes com câncer de pênis demoram mais de um ano para procurar assistência médica, após o aparecimento das lesões iniciais. Quando diagnosticado em estágio inicial, o câncer de pênis apresenta elevada taxa de cura. Todas as lesões ou tumorações penianas, independente da presença da fimose, deverão ser avaliadas por um médico: principalmente aquelas de evolução lenta e que não responderam aos tratamentos convencionais. Estas lesões deverão ser biopsiadas (retirada de um fragmento) para análise , quando será dado o diagnóstico final.

 
LEMBRE-SE
 
ANTES E DEPOIS
DA RELAÇÃO SEXUAL
SABÃO NO GENITAL!
 
 
Você só tem um!
 
Portanto cuide bem dele!
 
 
 
.

__,_._,___
 
Animacoes GRATUITAS para seu e-mail – do IncrediMail! Clique aqui!

negros fodendo






jovane, dotadao fodendo

interacial..com pauzudo

Adoro o Ralph woods...muito vesatil ele..rss